Aguarde...

Relacionamento Abusivo

Data da publicação: 12/01/2021

Eu não aguento mais ter que excluir meus amigos nas redes sociais, em não poder conversar com eles na hora que eu quiser, e aquela saia branca que eu amei e não posso usar pq meu namorado não gosta que eu use, alegando que está muito curta e que não combina comigo. Ele sempre diz que confia em mim e não nos outros. As vezes ele não gosta que eu visite meus pais, acho que ele me ama de verdade!
.
Não faz parte do ser humano agredir quem se ama, tratar de modo violento, ao contrário, são formas aprendidas de se relacionar. São utilizados agressões como forma de resolver conflitos.
.
A violência entre namorados está diretamente associado a uma cultura de tolerância para com a violência. Por vezes reflete a ausência da experiência em sentir-se amado e a falta de habilidades para expressar sentimentos de raiva, frustração, carinho, ternura.

Sinais de relacionamento abusivo:
- xingamentos, humilhações, ciúmes excessivo (comportamento de controle );
- ameaçar e por vezes divulgar fotos e conteúdos íntimos;
- agressões físicas;
- afastar-se de amigos, familiares;
- forçar relações íntimas.
.
Sair de relação violenta não é uma tarefa fácil e simples, muitas vezes tem-se o desejo de que a violência acabe e não o relacionamento. Mas é necessário procurar ajuda. O amor tem que ser bom e prazeroso para ambos. .

Obs: Esse padrão de relacionamento se aplica para quaisquer configurações de casais e classe social.

Obs2: Sugestões de leitura: Libertando-se de namoros violentos e Sequestradores de alma.


Para mais conteúdos e vídeos explicativos, me siga no instagram (psicoamandarocca)

Publicado por:

Amanda Rocca

Formação Acadêmica: IMED

Ver Perfil

Amanda Rocca

12/01/2021

Relacionamento Abusivo

0 Curtida(s)


Eu não aguento mais ter que excluir meus amigos nas redes sociais, em não poder conversar com eles na hora que eu quiser, e aquela saia branca que eu amei e não posso usar pq meu namorado não gosta que eu use, alegando que está muito curta e que não combina comigo. Ele sempre diz que confia em mim e não nos outros. As vezes ele não gosta que eu visite meus pais, acho que ele me ama de verdade!
.
Não faz parte do ser humano agredir quem se ama, tratar de modo violento, ao contrário, são formas aprendidas de se relacionar. São utilizados agressões como forma de resolver conflitos.
.
A violência entre namorados está diretamente associado a uma cultura de tolerância para com a violência. Por vezes reflete a ausência da experiência em sentir-se amado e a falta de habilidades para expressar sentimentos de raiva, frustração, carinho, ternura.

Sinais de relacionamento abusivo:
- xingamentos, humilhações, ciúmes excessivo (comportamento de controle );
- ameaçar e por vezes divulgar fotos e conteúdos íntimos;
- agressões físicas;
- afastar-se de amigos, familiares;
- forçar relações íntimas.
.
Sair de relação violenta não é uma tarefa fácil e simples, muitas vezes tem-se o desejo de que a violência acabe e não o relacionamento. Mas é necessário procurar ajuda. O amor tem que ser bom e prazeroso para ambos. .

Obs: Esse padrão de relacionamento se aplica para quaisquer configurações de casais e classe social.

Obs2: Sugestões de leitura: Libertando-se de namoros violentos e Sequestradores de alma.


Para mais conteúdos e vídeos explicativos, me siga no instagram (psicoamandarocca)

Curtir essa publicação:

0 Curtida(s)

Compartilhe essa Publicação!

0 Curtida(s)

0 Comentário(s)


Curtir

Comentar

Compartilhar


Por favor escreva um comentário

Comente esta publicação!

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida. Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br ou procure atendimento em um hospital mais próximo.