Aguarde...

No aqui e agora a ansiedade vai embora

Data da publicação: 11/07/2019

A ansiedade está associada a uma excessiva preocupação com fatos que ainda não aconteceram, ou seja, com o futuro. Pensamos muito em como será quando determinado acontecimento chegar, ou o que deveremos ou não fazer. Sempre pensamos nos piores acontecimentos! Aquela entrevista em que vamos ficar super nervosos e falar besteira, ou aquele encontro que já é um fracasso antes mesmo de acontecer.

Pensamos  nesse futuro com cores escuras e repleto de fatos negativos. Nos  ocupamos antes da hora com algo que pode nem vir a acontecer (a preocupação nos domina). Tudo isso é, na verdade, uma tentativa de controlar o que acontece à nossa volta. Queremos controlar o que sentiremos, o que faremos, o que diremos e também como os outros se comportarão. Queremos de antemão saber qual a melhor forma de agir e acreditamos que há apenas uma forma correta: a nossa! 

Ao pensarmos tanto começamos a criar exigências de como fazer, o que fazer e quando fazer. E nesse desejo de saber e controlar tudo, de controlar a vida para nos sentirmos seguros, iniciamos uma jornada  de sofrimento, pensamentos e emoções desconexas, ansiedade. E começam a vir os sintomas: taquicardia, falta de ar, vontade de sair correndo. Queremos que o futuro chegue logo! E quando ele chega, vemos que nada do que imaginamos se realizou. Começamos então nova jornada de sofrimento para construir novo planejamento de como controlá-lo. E o sofrimento continua, como um círculo sem início ou fim.


O nosso presente
      Qual então a saída? É aprender a ficar no presente. É no aqui e agora que a vida acontece. O único momento que existe é esse que estamos vivendo agora.

   O que fizemos no passado, bom ou mau, certo ou errado, já foi, já era. O que podemos fazer para ficar bem com o nosso passado é nos perdoar e lembrar que sempre fazemos o nosso melhor, com os recursos que temos disponíveis naquele momento. Então, o que fizemos no passado, foi o melhor que podíamos ter feito. Então, vamos parar de nos lamentar e olhar para trás! Vamos olhar aqui e agora!! Hoje!!!

   E quanto ao futuro, queiramos ou não, aceitemos ou não, não temos controle sobre ele. As coisas são impermanentes, elas mudam o tempo todo. Mas temos escolha! Podemos escolher viver bem o nosso presente, desfrutando do que temos nesse momento. Se vivermos bem o presente, fazendo o que acreditamos ser o melhor, o mais amoroso e respeitoso conosco mesmos e com os outros, nosso futuro será excelente. O futuro nada mais é que a consequência de nossas escolhas presentes.


Experimentando ficar no presente

Vamos fazer um pequeno exercício? 

- Pare um instante! Sente-se confortavelmente com os dois pés apoiados no chão, a coluna ereta;

- Respire fundo algumas vezes. (Você não respira no passado ou no futuro, só no presente, só no aqui agora!); 

- Olhe à sua volta, observe.O que você está fazendo agora? Por exemplo: Agora eu estou lendo um texto que sugere que eu preste atenção à minha volta, eu estou sentado, navegando na internet, meu corpo está relaxado, o dia está frio, minha respiração está tranquila, ouço o som dos carros na rua,etc.

- Vá descrevendo, falando para você mesmo o que sente, percebe, vê, ouve, pensa. 

  - Procure não julgar, apenas perceber. Pode ser difícil inicialmente, mas aos poucos, você perceberá quantas coisas dentro e fora de você o presente oferece. 

- Percebe? Se não conseguir descobrir nada, continue respirando e observando. Aos poucos você vai se perceber melhor e perceber o ambiente a sua volta.

A prática nos leva a excelência! Se temos praticado com frequência a ansiedade e a preocupação, isso se tornou automático na nossa vida. É a nossa primeira resposta diante de qualquer situação. Será necessário praticarmos até aprendermos a ficar no aqui e agora,  experimentando paz e tranquilidade. Será necessário descobrirmos coisas que nos conectam ao aqui e agora. Meditação, yoga, contemplação da natureza, atividades físicas Vamos precisar experimentar e aprender mais sobre nós mesmos e o que nos coloca em conexão com o aqui e agora.

O presente é repleto de possibilidades que podemos usar a nosso favor, só precisamos nos dar conta delas. O agora é uma dádiva, por isso mesmo é chamado de presente. Precisaremos estar atentos para perceber.

Porém, nenhum exercício, como o sugerido aqui, substitui a consulta a um profissional de saúde. Quando a ansiedade se torna doença, é necessário buscar acompanhamento médico e psicológico.

Publicado por:

Teo

Formação Acadêmica: Fundação Santo André FAFIL

Teo

11/07/2019

No aqui e agora a ansiedade vai embora

0 Curtida(s)


A ansiedade está associada a uma excessiva preocupação com fatos que ainda não aconteceram, ou seja, com o futuro. Pensamos muito em como será quando determinado acontecimento chegar, ou o que deveremos ou não fazer. Sempre pensamos nos piores acontecimentos! Aquela entrevista em que vamos ficar super nervosos e falar besteira, ou aquele encontro que já é um fracasso antes mesmo de acontecer.

Pensamos  nesse futuro com cores escuras e repleto de fatos negativos. Nos  ocupamos antes da hora com algo que pode nem vir a acontecer (a preocupação nos domina). Tudo isso é, na verdade, uma tentativa de controlar o que acontece à nossa volta. Queremos controlar o que sentiremos, o que faremos, o que diremos e também como os outros se comportarão. Queremos de antemão saber qual a melhor forma de agir e acreditamos que há apenas uma forma correta: a nossa! 

Ao pensarmos tanto começamos a criar exigências de como fazer, o que fazer e quando fazer. E nesse desejo de saber e controlar tudo, de controlar a vida para nos sentirmos seguros, iniciamos uma jornada  de sofrimento, pensamentos e emoções desconexas, ansiedade. E começam a vir os sintomas: taquicardia, falta de ar, vontade de sair correndo. Queremos que o futuro chegue logo! E quando ele chega, vemos que nada do que imaginamos se realizou. Começamos então nova jornada de sofrimento para construir novo planejamento de como controlá-lo. E o sofrimento continua, como um círculo sem início ou fim.


O nosso presente
      Qual então a saída? É aprender a ficar no presente. É no aqui e agora que a vida acontece. O único momento que existe é esse que estamos vivendo agora.

   O que fizemos no passado, bom ou mau, certo ou errado, já foi, já era. O que podemos fazer para ficar bem com o nosso passado é nos perdoar e lembrar que sempre fazemos o nosso melhor, com os recursos que temos disponíveis naquele momento. Então, o que fizemos no passado, foi o melhor que podíamos ter feito. Então, vamos parar de nos lamentar e olhar para trás! Vamos olhar aqui e agora!! Hoje!!!

   E quanto ao futuro, queiramos ou não, aceitemos ou não, não temos controle sobre ele. As coisas são impermanentes, elas mudam o tempo todo. Mas temos escolha! Podemos escolher viver bem o nosso presente, desfrutando do que temos nesse momento. Se vivermos bem o presente, fazendo o que acreditamos ser o melhor, o mais amoroso e respeitoso conosco mesmos e com os outros, nosso futuro será excelente. O futuro nada mais é que a consequência de nossas escolhas presentes.


Experimentando ficar no presente

Vamos fazer um pequeno exercício? 

- Pare um instante! Sente-se confortavelmente com os dois pés apoiados no chão, a coluna ereta;

- Respire fundo algumas vezes. (Você não respira no passado ou no futuro, só no presente, só no aqui agora!); 

- Olhe à sua volta, observe.O que você está fazendo agora? Por exemplo: Agora eu estou lendo um texto que sugere que eu preste atenção à minha volta, eu estou sentado, navegando na internet, meu corpo está relaxado, o dia está frio, minha respiração está tranquila, ouço o som dos carros na rua,etc.

- Vá descrevendo, falando para você mesmo o que sente, percebe, vê, ouve, pensa. 

  - Procure não julgar, apenas perceber. Pode ser difícil inicialmente, mas aos poucos, você perceberá quantas coisas dentro e fora de você o presente oferece. 

- Percebe? Se não conseguir descobrir nada, continue respirando e observando. Aos poucos você vai se perceber melhor e perceber o ambiente a sua volta.

A prática nos leva a excelência! Se temos praticado com frequência a ansiedade e a preocupação, isso se tornou automático na nossa vida. É a nossa primeira resposta diante de qualquer situação. Será necessário praticarmos até aprendermos a ficar no aqui e agora,  experimentando paz e tranquilidade. Será necessário descobrirmos coisas que nos conectam ao aqui e agora. Meditação, yoga, contemplação da natureza, atividades físicas Vamos precisar experimentar e aprender mais sobre nós mesmos e o que nos coloca em conexão com o aqui e agora.

O presente é repleto de possibilidades que podemos usar a nosso favor, só precisamos nos dar conta delas. O agora é uma dádiva, por isso mesmo é chamado de presente. Precisaremos estar atentos para perceber.

Porém, nenhum exercício, como o sugerido aqui, substitui a consulta a um profissional de saúde. Quando a ansiedade se torna doença, é necessário buscar acompanhamento médico e psicológico.

Curtir essa publicação:

0 Curtida(s)

Compartilhe essa Publicação!

0 Curtida(s)

0 Comentário(s)


Curtir

Comentar

Compartilhar


Por favor escreva um comentário

Comente esta publicação!

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida. Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br ou procure atendimento em um hospital mais próximo.